Minimalismo
Como parar com a Procrastinação usando a Regra dos 2 Minutos
1 de setembro de 2015
0

Tradução livre de Renata Cunha

De acordo com James Clear, essa é uma simples estratégia que você pode começar testando hoje e ver como funciona na sua vida.

Aqui está…

A maioria das tarefas que você procrastina (deixa pra depois) não são difíceis de se fazer, você provavelmente tem talento e habilidades para cumpri-las, você apenas evita começa-las por um motivo ou outro.

A Regra dos 2 Minutos supera a procrastinação e preguiça fazendo ser tão fácil começar e tomar a ação que você não pode dizer NÃO.

Procrastinação

Parte 1: Se leva menos de dois minutos, então faça Agora.

A parte 1 vem do Bestseller de David Allen – Getting Things Done, ou na edição em português – A arte de fazer acontecer.

É surpreendente quantas coisas nós deixamos de lado que nós poderíamos finalizar em 2 minutos ou menos. Por exemplo, lavar a louça imediatamente após a refeição, colocar as roupas na máquina de lavar, tirar o lixo, limpar a pia, enviar um e-mail, e etc.
Se te toma menos de dois minutos para completar a tarefa, então siga a regra e faça-o Agora mesmo.

Parte 2: Quando você começa um novo hábito, deve levar menos do que dois minutos para fazer
.

Todos os seus objetivos podem ser finalizados em menos de dois minutos? Certamente não.
Mas cada objetivo pode começar sendo feito em dois minutos ou menos. E esse é o propósito por trás dessa pequena regra.
Pode parecer que essa estratégia é muito básica para sua vida com grandes objetivos, mas eu prometo lhe mostrar a diferença. Funciona para qualquer objetivo por uma única razão: a física da vida real.

A Física da Vida Real
Assim como Isaac Newton nos ensinou ha muitos anos atrás, objetos em repouso tendem a continuar em repouso e objetos em movimento tendem a permanecer em movimento. Isso é apenas uma verdade absoluta assim como as maças que caem.

faça agora

A Regra dos 2 Minutos funciona para grandes objetivos tão bem quanto para pequenos por causa da inércia da vida. Uma vez que você comece a fazer alguma coisa, fica fácil continuar fazendo-a. A Regra dos 2 Minutos é ótima porque defende a ideia de que todo tipo de coisas boas acontecem uma vez que você tenha começado.

Você quer se tornar um melhor escritor? Apenas escreva uma sentença (Regra dos 2 Minutos) e logo você vai se perceber escrevendo por uma hora.

Você quer ter uma alimentação mais saudável? Coma apenas um pedaço de fruta hoje (Regra dos 2 Minutos) e logo você vai se sentir mais inspirado para fazer uma saudável salada também.

Você quer que a leitura se torne um hábito? Apenas leie a primeira página de um livro novo (Regra dos 2 Minutos) e antes que você se dê conta, você terá lido o primeiro capítulo inteiro.

Você quer correr três vezes na semana? Toda Segunda, Quarta e Sexta, apenas calce seu tênis de corrida e vá até a porta da frente de casa (Regra dos 2 Minutos), e você vai acabar colocando quilometragens nas suas pernas ao invés de pipocas no seu estômago.

A parte mais importante para qualquer novo hábito ter início – não só pela primeira vez, mas para cada vez. Não se trata de resultado final, trata-se de consistência ao tomar uma ação. De diversas maneiras, tomar ação é mais importante que vencer. Essa é a simples beleza do começo porque você vai ter muitas oportunidades para melhorar seus resultados ao longo do tempo.

A Regra dos 2 Minutos não é sobre alcançar os resultados que você almeja, mas o processo de verdadeiramente fazer o que tem que ser feito. Funciona muito bem para pessoas que acreditam que este sistema é mais importante que o ponto final. O foco está em tomar ação e deixar que as coisas fluam para que se chegue naturalmente ao resultado.


Tente isso agora

Não existe garantia se a Regra dos 2 Minutos vá funcionar ou não pra você. Mas é uma garantia que nunca funcione se você nunca tentar.
O problema com a maioria dos artigos que você, podcasts que você ouve, ou vídeos que você assiste é que você consome a informação mas nunca a poe em prática.

Então, se você quer vencer de verdade a procrastinação, porque não usar esta informação de forma diferente e de fato usá-la, AGORA MESMO.

O que você pode fazer agora (que você está adiando) e vai levar menos de dois minutos? Faça agora.

Qualquer um de nós vai gastar os próximos 120 segundos. Use esse tempo para ter alguma coisa feita.

VÁ!